Portal Tour na Itália: turismo, cultura, tours, serviços e experiências!

O que fazer na Itália em Janeiro?

O que fazer na Itália em Janeiro? Veja o calendário de eventos na Itália em janeiro e não fique de fora dos melhores eventos de 2023. Todo mês teremos aqui um calendário com shows, feiras, exposições que você não pode perder!

Primeira vez na Itália?

  • Organize-se e acerte a sua agenda para não perder nenhum evento quando visitar a Itália. Veja nossas dicas para montar seu roteiro!
  • Veja os artigos e serviços que temos divididos por região AQUI
  • Se você ainda não sabe onde se hospedar, dê uma olhada nas dicas de hospedagem e veja as nossas experiências em alguns hotéis.

O que fazer e aonde ir em Janeiro?

Janeiro na Itália é definitivamente a “baixa temporada” em termos de turismo. O Natal acabou e o próximo grande feriado italiano – a Páscoa – ainda vai demorar para chegar. O clima pode ser frio e os dias bem curtos, algumas partes da Itália ficam com neve, enquanto outras apenas há névoa e chuva. No geral, o clima tende a ficar mais morninho à medida que você vai para o sul.

Nas montanhas, há neve – muita neve. Para os esquiadores e praticantes de snowboard, janeiro é alta temporada. Os Alpes e Dolomitas ficam mais movimentados nesta época do ano, assim como as estações de esqui nos Apeninos (e não se esqueça, você pode até esquiar no vulcão Etna, na Sicília). Muitas cidades das estações de esqui também têm spas termais nas proximidades, graças a toda essa atividade vulcânica; portanto, mesmo se você não é esquiador, ainda pode desfrutar de um retiro de spa nas montanhas em janeiro.

Veja algumas dicas do que fazer na Itália em janeiro:

LISTA DE EVENTOS 2023:

Lembre-se que colocamos o nome da região (estado) da Itália  e depois dos nomes das cidades, assim fica mais fácil identificar a zona da Itália. Clique sobre o nome do evento para saber mais.

Festas e Folclore

Presépios vivos Pouco antes do Natal, você também pode ver presepi viventi, presépios vivos, em muitas aldeias italianas, especialmente no sul. Freqüentemente, os moradores recebem um papel, de pastor a anjo, de Maria a criança do Natal. Os Sassi (residências em cavernas) de  Matera hospedam a sagrada família todos os anos. A cidade da Basilicata se apresenta em dezembro como ‘a Galiléia de dois mil anos atrás’ e é realmente como viajar no tempo, com a manjedoura como ponto final brilhante. LEIA O NOSSO TEXTO: Conheça os presépios vivos da Itália

até 8 de janeiro – Florença (Toscana)-  F-Light, o Natal de Luz de Florença: Jogos de luz e videomapping, instalações de luz e projeções em vários pontos da cidade. Eu ja escrevi sobre este evento -> Florence Light Festival – a festa de Natal de Luz de Florença

Experiências Relacionadas

até 8 de janeiro –  Turim (Piemonte) – Luci D’Artista –  Na véspera das festas, as ruas e praças de Turim são coloridas por numerosas instalações de luz engenhosas. Durante Luci d’Artista , como é chamado este evento festivo, vários belos clássicos brilham, mas também há algumas novas obras de arte leves para ver. Info aqui.

até 29 de janeiro –  Salerno (Campania) – Luci D’Artista – Também em Salerno, sul da Itália, milhares de luzes brilham juntas, dando à cidade uma visão encantadora. Até meados de janeiro, graças a Luci d’Artista, as ruas de Salerno oferecem um espetáculo único, incluindo um sistema solar espetacular, anjos brilhantes, estrelas cadentes, acrobatas artísticos, uma enorme árvore de Natal, pinguins e renas, Babbo Natale em seu trenó …

*6 – toda a Itália – Viva a Befana!Se tudo correr bem, as crianças italianas serão mimadas na noite de 5 para 6 de janeiro pela  Befana, uma velha bruxa que distribui presentes e doces em sua vassoura para todos os pequenos que se comportaram bem. Quem foi travesso muitas vezes recebe apenas cinzas e brasas. Você pode ler mais sobre a Befana através deste link .

*6 – Veneza (Vêneto) – La Regata delle Befane –  Em 6 de janeiro, as águas venezianas são tornadas inseguras pelas chamadas Befanas, bruxas. Os gondoleiros vestem uma fantasia de bruxa e competem entre si em uma emocionante corrida. Um espetáculo único!

*6 – Veneza (Vêneto) – Três Reis Girando, Piazza San Marco, VenezaEm 6 de janeiro, na Torre dell’Orologio (na Piazza San Marco ), os Três Reis Magos giram em procissão ao redor da Virgem Maria. As estátuas de madeira de um anjo com uma trombeta e dos três reis são conduzidas mecanicamente ao lado da Virgem e do Menino, como se estivessem de fato visitando o recém-nascido Jesus para presenteá-los. Nos outros dias, os reis podem ser admirados no interior, mas só a 6 de janeiro é que se aventuram no exterior…

*6 – Florença (Toscana) – Cavalcata dei MagiEm Florença, a festa da Epifania é celebrada com uma magnífica procissão. Os três reis magos do leste, seguidos por um grande número de figurantes, movem-se do Palazzo Pitti pela Ponte Vecchio até a Piazza della Signoria. Aqui os porta-estandartes se juntam à procissão, após a qual o passeio continua até o Duomo, onde os três reis magos apresentam seus presentes ao menino Jesus no presépio vivo. A procissão dos Magos e sua comitiva é baseada na pintura de Benozzo Gozzoli, exposta no Palazzo Medici-Riccardi, em Florença. Leia  aqui.

*7 –  toda a Itália – Viva a bandeira italiana!A bandeira italiana, a tricolor, tremula alegremente contra o céu azul desde 7 de janeiro de 1797. O local de nascimento da bandeira é Reggio Emilia, mas as cores são originárias de Milão. O brasão de armas de Milão consiste em uma cruz vermelha sobre fundo branco. Junto com a cor verde do vigilante milanês, isso resulta no alegre tricolor. Os italianos que não são de Milão, porém, dão uma explicação bem diferente para as três cores. As três cores representam fé, esperança e amor. Ou para esperança (verde), convicção (branco) e caridade (vermelho). Outros ainda o tornam ainda mais poético: diz-se que o verde simboliza as férteis colinas italianas, branco para os picos nevados e vermelho para o sangue que foi derramado na criação da República Italiana.

*11 – Castellana (Puglia) – Fanòve- A Festa do Fanòve é um evento religioso e folclórico que ilumina e inflama o coração de Castellana, a Cidade das famosas Cavernas, na noite de 11 de janeiro. É um dia de festa e também de comemoração histórica que recorda o milagre da Virgem Maria de Vetrana que, em 1691, salvou Castellana da peste. A história conta que, durante o período da peste, dois padres de Castellana tiveram a mesma visão: as pessoas que sofriam de peste só seriam curadas se fossem ungidas com o óleo que ardia na lâmpada votiva da Virgem Maria de Vetrana. E foi exatamente isso que eles fizeram. Vencida a praga, tudo o que poderia estar infectado era queimado com grandes fogueiras. Desde então, todos os anos, no dia 11 de janeiro, grandes pilhas de lenha são preparadas e acesas à noite, e durante toda a noite quase 100 enormes fogueiras queimam em toda a cidade para relembrar o evento e celebrar a libertação da peste. A festa é obviamente embelezada pela ampla proposta de comida típica, pelo canto folclórico, ao longo de um ambiente que, com o calor das fogueiras, realça o calor tradicional da hospitalidade pugliana. Para mais informações ligue +39 080 499 8221

*15 – Castelrotto (Trentino-Alto Adige) – Matrimonio Contadino –  No domingo, 15 de janeiro de 20923, a pequena cidade de Castelrotto celebra o Casamento Camponês, uma reconstituição histórica de um tradicional casamento rural do século XIX no sul do Tirol. A preparação do Casamento Camponês antigamente começava muito antes da cerimônia de casamento. O futuro marido deveria usar um chapéu em sinal de amor e carregar doze ovos coloridos, que simbolizavam seu compromisso de se casar com a noiva em doze meses. A noiva tinha que preparar o dote incluindo: lençóis, pratos, potes e panelas e outros objetos úteis para o lar. Para mostrar seus dotes culinários, ela também teve que convidar o noivo e seus amigos para jantar em sua casa. Por fim, no dia do casamento, o casal tinha que passar por uma série de rituais antes da cerimônia, enquanto as irmãs da noiva tinham que comprar uma cabra. O Casamento Camponês começa com um desfile: toda a aldeia acompanha os noivos a pé, a cavalo ou de trenó. O desfile de trenós puxados por cavalos começa na igreja de São Valentim e segue para o centro histórico de Castelrotto. Os convidados do casamento se distinguem por suas roupas: as mulheres casadas têm os cabelos presos na nuca, as meninas usam vestidos brancos, enquanto os meninos usam capas pretas e camisas de chenile. O mestre de cerimônias tem um grande chapéu com penas de avestruz pretas e brancas. Todos usam roupas tradicionais originais. O cortejo acompanha os noivos ao banquete nupcial, onde é servido o tradicional bolo de casamento, o Hoazetkuchl. Também é possível saborear comida típica tirolesa (como Knödel, Goulash e Krapfen) em restaurantes e Stuben.

*11 a 13 e 16 a 18  – San Vigilio e San Candido (Trentino-Alto Adige) – Festival Internacional de Esculturas de Neve. O Festival Internacional de Esculturas de Neve é organizado em dois fins de semana de janeiro nos municípios de San Vigilio e San Candido no sul do Tirol, no sopé das Dolomitas: – de 11 a 13 de janeiro de 2023 em San Vigilio – de 16 a 18 de janeiro de 2023 em San Candido. Mais de 30 artistas de todo o mundo, divididos em 10 equipas, dão vida ao festival nos recantos mais sugestivos de ambas as localidades onde são colocados à disposição dos artistas enormes cubos de neve prensada (3x3x3 m). Eles podem usar uma serra, uma pá e podem usar apenas água para solidificar suas obras de arte. As esculturas de neve devem ser concluídas nos três dias anteriores ao evento. Depois cabe aos visitantes e aos habitantes escolherem os melhores. O local é habilmente iluminado para que as esculturas possam ser admiradas também à noite. Esculturas são deixadas lá até que o degelo da primavera as derreta

*17 – em toda a Itália – Sant’Antonio Abate – festa dos açougueiros e dos porcos – Em 17 de janeiro, a Itália celebra a festa de Sant’Antonio Abate, o primeiro abade e fundador do monaquismo cristão. Este António, que não deve ser confundido com Santo António de Pádua, nasceu no Egipto por volta de 250 e tornou-se o padroeiro de, entre outros, açougueiros, porcos, guardadores de porcos, cesteiros, agentes funerários, confeiteiros e tecelões. Nas fotos, muitas vezes o vemos com um porco aos pés. Em sua mão, ele geralmente carrega um sino. Os fazendeiros costumavam se reunir no dia 17 de janeiro para abençoar o gado em homenagem ao aniversário da morte de Antônio. Durante a Idade Média, em 17 de janeiro, os porcos podiam até mesmo procurar comida livremente em qualquer lugar. Esta tradição ainda é honrada. Basta dar uma olhada em uma das muitas praças da Itália, de Roma ao menor vilarejo da Sicília. Não se surpreenda se parecer preto dos porcos grunhindo, que vêm buscar a bênção de Santo Antônio.

*17 – Buti (Toscana) – Corrida de cavalos para Sant’Antonio – Em Buti, uma cidade perto de Pisa, Santo Antônio é homenageado com um palio, uma corrida de cavalos, no primeiro domingo após 17 de janeiro. O Palio de Buti é a primeira corrida do ano! Quanto mais o domingo se aproxima, mais a tensão aumenta. Assim como em Siena, aqui em Buti os cavalos são conduzidos à igreja da contrada , onde são abençoados e onde todo o bairro reza pela vitória. Velas são acesas, cruzes são feitas, Ave-Marias e orações rápidas são murmuradas. Mesmo como não residente, você pode sentir a tensão aumentando a cada minuto.

*17 – Tricarico (Basilicata) – Rebanho mascarado em Tricarico – Em Tricarico, uma pequena cidade na região de Basilicata, o carnaval é comemorado no início do ano. No dia 17 de janeiro, dia da festa de Sant’Antonio Abate, comemora-se que as vacas, bois e outros amigos de quatro patas podem sair para pastar novamente. Todos os habitantes colocam uma máscara de vaca ou touro (chamado l’màsh-kr no dialeto local) e juntos representam um rebanho que finalmente pode cheirar o ar novamente e provar a grama verde.

Feiras e Mercados

7 dezembro a 8 janeiro  – Lago de Como (Lombardia)- Casa dei Balocchi -Casa dos Brinquedos –  Uma Toy Story para que todos possam desfrutar. Há muito o que fazer na cidade dos brinquedos. Ir patinar na pista de gelo. Envie uma carta para o Papai Noel, descrevendo seus desejos favoritos de presentes de Natal. Amostra de pratos e presentes locais à venda – é um local ideal para organizar suas compras de Natal! Além disso, participações especiais de convidados de Papai Noel (chegando à Piazza Duomo na véspera de Natal) e Befana (encerrando o evento em 6 de janeiro de 2020)! Saiba mais aqui.

*17 – em toda a Itália – Dia Internacional da Culinária Italiana – No dia 17 de janeiro também é festa na culinária italiana! É o Dia Internacional da Cozinha Italiana (IDIC), o Dia Internacional da Cozinha Italiana. Neste dia especial, organizado por chefs italianos de todo o mundo, a cozinha italiana ganha destaque. Mais cedo neste dia, as pessoas em todo o mundo fizeram espaguete com molho de tomate, tiramisù, ossobuco alla milanese, pesto genovese, tagliatelle al ragù bolognese, risotto alla milanese e spaghetti alla carbonara.

*30 e 31 – Aosta (Valle D’Aosta)  Feira di Sant’Orso É a feira anual de Sant’Orso, evento que mostra a tradição artesanal do Vale d’Aosta há mais de 1.000 anos – tanto que a edição deste ano é a 1020ª! A Feira Sant’Orso oferece aos visitantes a oportunidade de entrar em contato com talentos artesanais locais, que exibem suas esculturas e outras obras feitas de pedra-sabão, ferro, cobre, cerâmica, vidro e têxteis. Os símbolos e objetos exibidos no mercado da feira incluem: o Sabots (sapatos de madeira tradicionais), o “Galletto” (galo), brinquedos “Tatà”, Groles e Copas da Amizade, móveis, roupas, ancinhos, cestos, barris e muito mais A Feira Sant’Orso também significa boa música, folclore e comida e vinho deliciosos. No Pavilhão de Enogastronomia, empresas e fazendas locais vendem iguarias do Vale de Aosta, como queijos, carnes, embutidos, mel e, obviamente, vinhos e licores. Info aqui.

Esporte e Aventura

*26 a 29 – Val di Fiemme e Fassa (Trentino-Alto Adige) – A 50ª edição de Marcialonga, a mais importante corrida de esqui cross-country da Itália, acontece em 29 de janeiro de 2023 na província de Trento O evento já tem programação completa a partir do dia 26 de janeiro Marcialonga consiste em uma trilha de 70 quilômetros pelos vales de Fiemme e Fassa no Trentino Alto Adige. A chegada é em Cavalese, passando por Canazei, Moena e Lago Tesero, todos na região de Trentino Alto Adige. Marcialonga foi disputada pela primeira vez em 1971. A corrida foi fundada por Mario Cristofolini, Giulio Giovannini, Roberto Moggio e Nele Zorzi, quatro amigos apaixonados pelo esqui cross-country, que resolveram criar uma corrida semelhante ao Vasaloppet (o esqui cross-country de longa distância corrida na Suécia). A primeira corrida foi vencida por Ulrico Kostner, enquanto outra lenda do esqui, Franco Nones, chegou em segundo lugar. Todos os anos milhares de “bisontes” – apelido dos participantes de Marcialonga – vêm de todo o mundo para participar da competição; atletas profissionais, mas também amadores. Desde 1978, as mulheres foram admitidas na corrida. Se não estiver preparado para a corrida longa, os participantes podem optar por uma corrida mais curta de 45 quilômetros. Mais sobre o texto originalÉ necessário fornecer o texto original para ver mais informações sobre a tradução

Música e Espetáculo
  • TEMPORADA DE ÓPERAS: A Itália abriga quatro das maiores casas de ópera do mundo: La Scala (Milão), La Fenice (Veneza), Teatro San Carlo (Nápoles) e Teatro Massimo (Palermo). Tradicionalmente, a temporada ocorre de meados de outubro a março, embora o La Scala abra no dia Santo Ambrosio (7 de dezembro).
Arte e Exposições

*Rovereto (TRENTINO) –  Mart  – Giotto e il Novecento – 8 de dezembro de 2022 a 19 de março de 2023 – No Mart – Museo d’arte moderna e contemporânea de Rovereto – neste inverno haverá uma exposição sobre Giotto, que pintou os afrescos da Cappella degli Scrovegni em Pádua, entre outras coisas. Além das obras desse mestre medieval, há também pinturas de grandes artistas influenciados por Giotto, como Giorgio Morandi, Fausto Melotti, Lucio Fontana, Henri Matisse, Mark Rothko, James Turrell e Carlo Carrà, cujo Le figlie di Loth de 1919 foi escolhida como imagem de campanha para a exposição.

Veneza (VENETO):

Mais exposições em Veneza

  • *Kandinsky e le Avanguardie – até 21 de fevereiro de 2023, MestreVocê pode admirar mais arte moderna até 21 de fevereiro de 2023 no Centro Culturale Candiani em Mestre (Veneza). Durante a exposição Kandinsky e le Avanguardie. Punto, linea e superficie, você pode ver obras da Galleria Internazionale d’Arte Moderna de Ca’ Pesaro. Além das obras-primas de Kandinsky, há obras de, entre outros, Paul Klee, Joan Mirò, Yves Tanguy, Luigi Veronesi e Karel Appel.
  • Marlene Dumas no Palazzo Grassi até 8 de janeiro de 2023. Você pode admirar mais de uma centena de obras desta artista nascida na África do Sul, que vive e trabalha em Amsterdã. Mais informações podem ser encontradas aqui
  • Punta della Dogana mostra uma exposição de obras do artista americano Bruce Nauman (até 27 de novembro de 2022), enquanto a Casa dei Tre Oci , na ilha de Giudecca , dedica uma bela exposição ao trabalho da fotógrafa Sabine Weiss.

Pádua (VENETO) – Futurismo 1910-1915 – a 26 de fevereiro de 2023, Palazzo ZabarellaAté 26 de fevereiro de 2023, você pode se imaginar em Pádua no futuro de 1910 a 1915, durante a exposição Futurismo 1910-1915. La nascita dell’avanguardia no Palazzo Zabarella . Você encontrará mais informações através deste link. Segundo os futuristas, isso tinha que ser feito com a rotina antiquada em que a Itália estava presa. Inovação, modernismo, velocidade, tecnologia: eram coisas que precisavam ser celebradas. A Itália teve que se tornar o epicentro do progresso e se livrar de ‘instituições arcaicas’ como museus, bibliotecas e academias. Segundo os futuristas, a violência era permitida e até necessária para construir uma nova Itália – não era à toa que eles eram partidários da Primeira Guerra Mundial. Você pode admirar o trabalho de, entre outros, Umberto Boccioni (incluindo Formas únicas de continuidade no espaço do Museu Kröller-Müller, a imagem que também é retratada no italiano vinte centavos de euro), Carlo Carrà, Luigi Russolo, Antonio Sant’Elia , Giacomo Balla e Gino Severini.

*Bolonha (EMILIA ROMAGNA) – Giulio II e Raffaello – una nuova stagione del rinascimento a Bologna – até 5 de fevereiro de 2023, Pinacoteca NazionaleO retrato do Papa Júlio II é uma das obras-primas de Rafael . Normalmente fica na National Gallery em Londres, mas até 5 de fevereiro de 2023 você pode admirá-lo na Pinacoteca Nazionale em Bolonha , durante a exposição que gira em torno da questão do que é o Renascimento – e a chegada de artistas renascentistas como Michelangelo e Rafael – significava para Bolonha.

*Gênova (LIGURIA) – Rubens a Genova – 6 de outubro de 2022 a 22 de janeiro de 2023, Palazzo DucaleDe 6 de outubro de 2022 a 22 de janeiro de 2023, você pode admirar Rubens a Genova , uma grande exposição estrelada por Peter Paul Rubens no Palazzo Ducale em Gênova. Em particular, a exposição mostra a relação do pintor com a cidade portuária de Gênova, com mais de 150 obras, das quais 20 são obras de Rubens. Algumas dessas obras nunca foram vistas em solo italiano antes. Entre 1600 e 1607, Rubens permaneceu regularmente em Gênova, às vezes na comitiva de Vincenzo I Gonzaga, o duque de Mantova, de quem Rubens foi pintor da corte por algum tempo. Durante essas viagens, ele conheceu a elite de Gênova e conseguiu vincular seu nome à capital da Ligúria para sempre. Mais informações podem ser encontradas no site do Palazzo Ducale . Antes ou depois de sua visita à exposição, não deixe de visitar os Palazzi dei Rolli , os mais famosos deles estão na Via Garibaldi. Rubens ficou tão impressionado com as construções majestosas dessa rua que fez uma série de desenhos da Via Garibaldi, que serviram de exemplo para as casas das famílias ricas de Antuérpia.

*Milão (LOMBARDIA) – Três vezes a Pietà de Michelangelo – até 8 de janeiro de 2023, Palazzo RealePalazzo Reale em Milão exibe três modelos das três Pietàs de Michelangelo: a Bandini Pietà (do Museo dell’Opera del Duomo de Florença), a Pietà de São Pedro e a Rondanini Pietà dos Museus do Vaticano. Desta forma, você pode ver de perto o desenvolvimento de Michelangelo durante um período de mais de meio século. Mais detalhes podem ser encontrados através deste link .

  • Andy Warhol – até 26 de março de 2023, Fabbrica del VaporeA Fabbrica del Vapore em Milão abrirá suas portas para Andy Warhol neste outono. Até 26 de março de 2023, você pode ver a exposição Andy Warhol – La pubblicità nella forma , com mais de trezentos objetos que simbolizam a carreira de Warhol desde o início dos anos 1950 até os anos 1980.

Mântua (LOMBARDIA) – Giulio Romano – até 8 de janeiro de 2023, Palazzo Te . Arquiteto e pintor Giulio Romano, aluno de Rafael , foi contratado por Federico Gonzaga para projetar um palácio especial em Mantova. Romano trabalhou no palazzo , que hoje conhecemos como Palazzo Te, entre 1525 e 1535. O edifício em si foi concluído em dezoito meses. O resto do tempo foi usado para decorar os quartos e salões. Um exército de artistas e artesãos trabalhou na decoração até que todos os cantos estivessem cobertos. Muitos dos salões são decorados com imagens de deuses gregos e do Olimpo – um símbolo de que o duque era leal ao imperador Carlos V e não ao papa. Cenas eróticas nunca estão longe. Gonzaga mandou projetar o palazzo para sua amante, Isabella Boschetti. Se você olhar de perto, verá alguns Cupidos de pé em uma pequena floresta em vários quartos. Bos em italiano é bosco – diz-se que o diminutivo boschetti , groves, é uma referência sutil ao sobrenome de Isabella. Quase quinhentos anos após sua construção, o Palazzo Te apresenta a exposição Giulio Romano – La forza delle cose , que pode ser vista a partir de 8 de janeiro de 2023.

Pisa (TOSCANA) – I Macchiaioli – 8 de outubro de 2022 a 26 de fevereiro de 2023, Palazzo Blu – Palazzo Blu em Pisa apresentará as pinturas dos chamados Macchiaioli de 8 de outubro de 2022 a 26 de fevereiro de 2023. Este nome refere-se a um grupo de pintores italianos que atuaram principalmente na Toscana na segunda metade do século XIX. Eles evitaram as convenções das academias de arte italianas e pintaram principalmente ao ar livre para capturar a luz natural na tela. Mais de cento e trinta obras estão em exibição em grandes museus, como a Galeria Uffizi em Florença , a Galleria Nazionale d’Arte Moderna em Roma e a Galleria d’Arte Moderna di Genova. Você pode ler mais sobre a exposição neste link 

Siena (TOSCANA) – Arte Senese – até 8 de janeiro de 2023, Santa Maria della Scala – No belo complexo do Santa Maria della Scala em Siena , você pode admirar a exposição Arte Senese – dal tardo Medioevo al Novecento , com belas obras de arte de Siena, do final Idade Média até 8 de janeiro de 2023 até o século XX. A exposição inclui obras-primas de Pietro Lorenzetti, Tino di Camaino, Stefano di Giovanni (também conhecido como il Sassetta), Giovanni Antonio Bazzi (também conhecido como il Sodoma) e Domenico Beccafumi, entre outros.

Florença (TOSCANA) – várias:

  • *Olafur Eliasson – até 22 de janeiro de 2023, Palazzo StrozziApós a bela exposição em Donatello , o Palazzo Strozzi receberá uma exposição dedicada a Olafur Eliasson até 22 de janeiro de 2023 . O artista ainda criou uma série de obras especialmente para o Palazzo Strozzi, por isso promete ser um verdadeiro espetáculo– como sempre neste já impressionante palácio florentino. Durante a exposição, você também poderá admirar uma obra de Eliasson no Castello di Rivoli Museo d’Arte Contemporanea.
  • *Escher – 20 de outubro de 2022 a 26 de março de 2023, Museo degli Innocenti – O Museo degli Innocenti (um dos museus menos conhecidos de Florença ) abrigará aproximadamente duzentas obras do artista holandês Maurits Cornelis Escher de 20 de outubro de 2022 a 26 de março, 2023, incluindo várias de suas obras icônicas em que nada é o que parece. Nos corredores de um dos orfanatos mais antigos do mundo, você se maravilha com a mão de Escher segurando uma esfera refletora, suas famosas metamorfoses e seu dia e noite. Escher visitou a Itália pela primeira vez em 1922. Ele acabou se mudando para o país que conquistou seu coração e características em muitas de suas obras. Mais informações podem ser encontradas no site especial para esta exposição de Escher

Roma (LAZIO) – várias:

  • Domiziano Imperatore. Odio e amore até 29 de janeiro de 2023, Musei CapitoliniApós a exposição bem sucedida sobre o imperador Domiciano em Leiden, admire a exposição Domiziano Imperatore. Odio e amore no Musei Capitolini. Você acompanha a vida turbulenta do imperador Flaviano Domiciano, sua imperatriz e seus ilustres predecessores: seu pai Vespasiano e seu irmão Tito. Neste blog destacamos alguns destaques da exposição.
  • Roma (LAZIO) – Crazy – até 8 de janeiro de 2023, Chiostro del BramanteApós as coloridas exposições Love, Dream and Enjoy , o Chiostro del Bramante será o cenário de Crazy in 2022, uma exposição única com trabalhos de vinte e um artistas internacionais, cerca de metade dos quais foi criado especialmente para esta exposição.
  •  Casa Balla – abertura especial – até 31 de dezembro de 2022Há cento e cinquenta anos, nascia o pintor Giacomo Balla. Para comemorar isso, as portas de sua antiga casa estão temporariamente abertas aos visitantes. O interior da Casa Balla (Via Oslavia 39B) é tão colorido e futurista quanto a obra de Balla – e, portanto, um museu em si.

*Van Gogh – de 8 de outubro de 2022 a 26 de março de 2023, Palazzo Bonaparte – Em antecipação ao centésimo septuagésimo aniversário de Vincent van Gogh, 30 de março de 2023, o Palazzo Bonaparte, na famosa Piazza Venezia de Roma, está organizando uma grande exposição sobre Van Gogh. De 8 de outubro de 2022 a 26 de março de 2023, você pode admirar cerca de sessenta obras de Van Gogh no coração de Roma, incluindo o autorretrato que ele fez em 1887. Muitas dessas obras vêm do Museu Kröller-Müller. Você pode ler todos os detalhes sobre esta grande exposição de Van Gogh no site do Palazzo Bonaparte .

  • Lucio Dalla – Roma – até 6 de janeiro de 2023, Ara Pacis – Lucio Dalla estará em destaque neste outono, durante a exposição Anche se il tempo passa no Museo dell’Ara Pacis. Você será apresentado a todas as facetas da vida de Dalla, desde sua personalidade excêntrica até sua vasta carreira, com documentos pessoais, fotos, vídeos e outras lembranças do astro. Através deste link você encontrará mais informações sobre a exposição, que será exibida posteriormente em Nápoles e Milão.
  • PPP – 100 anos de Pier Paolo Pasolini – até março de 2023No dia 5 de março de 2022 fará exatamente cem anos que Pier Paolo Pasolini nasceu em Bolonha. Como homenagem a este poeta, escritor e diretor de cinema, várias palestras, espetáculos teatrais e cinematográficos e pequenas exposições são realizadas em Roma sob o nome de PPP100 , entre outras, nas Terme di Diocleziano e na Galleria d’Arte Moderna.

  • La pittura su pietra del Seicento – Galleria Borghese em Roma, até 29 de janeiro de 2023
  • Entrada gratuita nos Museus do VaticanoTodo último domingo do mês, você pode entrar  gratuitamente nos Museus do Vaticano e Capela Sistina para apreciar todos os tesouros coletados no museu, desde o grupo de Laocoonte até as magníficas pinturas de Michelangelo. Chegue na hora, porque é ainda mais movimentado do que o habitual neste dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *