Portal Tour na Itália: turismo, cultura, tours, serviços e experiências!

Urbino, um dos centros mais importantes do Renascimento italiano

Urbino, um dos locais mais importantes da cultura e da arte italiana, foi de fato um dos centros mais importantes do Renascimento italiano, as estruturas arquitectónicas dos principais monumentos são prova disso.  O centro histórico de Urbino, desde 1998, é um Patrimônio Mundial da UNESCO.

Introdução

Do Duomo ao Palácio Ducal, aos Oratórios da Fortaleza de Albornoz, esta cidade artística de cerca de 14.000 habitantes localizada na região de Marche emociona só de olhar para ela em fotos. Visitá-la em um dia, ou mesmo dedicar um fim de semana a ela, vale muito a pena, para os amantes da arte em particular. Aliás, o famoso pintor Rafael nasceu aqui e hoje pode-se visitar sua cidade natal, o teatro mais importante do país também é dedicado a ele. 

Urbino se estende por uma área de 228 Km² entre o Mar Adriático e os Apeninos. Ainda possui parte das muralhas que foram construídas na era dos Monfefeltro e muitos edifícios antigos. A marca característica de Urbino são os tijolos avermelhados, empregados em suas construções.

Embora não faça parte das principais listas de turismo, Urbino é de grande importância para a Itália por ser uma das primeiras o país a ofertar enogastronomia e agroturismo (hotéis fazenda).

Um pouco de história

Considerada a mais atraente cidade do Marche, Urbino ficou famosa devido ao legado da família Montefeltro, que durante a Baixa Idade Média a governou. O ápice do ducado de Urbino ocorreu entre 1444 e 1482, sob o domínio de Federico de Montefeltro que era condotiero (chefe militar) e acumulou muitas riquezas, pois tinha uma corte frequentada por muitos artistas da época, como Paololo Ucello e Piero della Francesca, dentre outros.

Conhecida como Urvino durante o período romano, foi nessa cidade que se formaram dois dos maiores mestres do renascimento: Donato Bramante e Raffaello Sanzio, conhecido como Rafael. Metade medieval e metade renascentista, o Centro Histórico da cidade é dominado pela Catedral e pelo Palazzo Ducale.

Atrações imperdíveis em Urbino 

1 – Centro Histórico de Urbino

Este slideshow necessita de JavaScript.

Classificado pela Unesco como Patrimônio Mundial da Humanidade, o Centro Histórico de Urbino é um dos locais mais importantes da cultura e da arte italiana, foi de fato um dos centros mais importantes do Renascimento italiano. Ali moraram distintas personalidades mundiais da época, que se destacavam em artes e cultura. Seus prédios e monumentos encontram-se bem conservados, oferecendo aos visitantes a oportunidade incrível de passear por suas ruas e ter um vislumbre da época de ouro do Renascimento. O local ainda conserva oficinas centenárias de artes de antigos carpinteiros e joalheiros.

2 – Palazzo Ducale

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Palazzo Ducale é certamente um dos exemplos mais interessantes do Renascimento italiano e também abriga a Galeria Nacional de Marche. Localizada no centro histórico da vila de Urbino, é um destino fundamental para quem visita a região de Marche.

Foi construída a partir de 1444 a partir de um projeto de Federico da Montefeltro, que pretendia que a beleza do edifício superasse todas as outras residências principescas da Itália, tornando Urbino a ” cidade ideal do príncipe “. A esplêndida galeria que se encontra no interior abriga uma das mais importantes coleções de arte do período renascentista, como as pinturas de Rafael, Piero della Francesca e Tiziano.

3 – As muralhas de Urbino

Urbino - Marche - Itália

As muralhas representam as fortificações defensivas da antiga cidade de Urbino, estão muito bem conservadas e recentemente as muralhas também foram restauradas. Foi construído na primeira metade do século 16 por ordem do Duque Francesco Maria I Della Rovere.

A Porta Valbona é uma das principais portas da cidade e o símbolo das muralhas da cidade  Também de grande importância são a Porta Lavagine e a Porta Santa Lucia, localizadas ao norte marcando a fronteira de Urbino.

4 – Casa Natale di Raffaello Sanzio

Urbino - Marche - Itália

Nesta casa nasceu o famoso pintor Raffaello (em português conhecido como Rafael), em 28 de março de 1483, local onde passou sua infância na oficina de seu pai Giovanni Santi, hoje localizada no térreo e utilizada para exposições temporárias.

O museu também abriga obras relacionadas com a vida e a época de Rafael, no primeiro andar encontram-se exemplares de suas pinturas e várias homenagens de outros artistas ao grande pintor de Urbino.

Já no “quarto” encontra-se o afresco que representa a Madona com o Menino, considerada uma obra juvenil feita com o pai. Ainda no primeiro andar existe um pátio com o poço e o lavatório onde foram extraídas as cores utilizadas na pintura. É realmente um lugar sugestivo que o fará entrar no mundo da arte.

5 – Duomo di Urbino (Cattedrale di Santa Maria Assunta)

Não muito longe do Palazzo Ducale fica o Duomo de Urbino, também conhecida como Catedral de Santa Maria Assunta, hoje é a catedral da arquidiocese de Urbino-Urbania-Sant’Angelo in Vado. Após o terremoto de 12 de janeiro de 1789, foi reconstruída em estilo neoclássico, e entre as obras de arte no seu interior pode-se ver o Martírio de San Sebastiano, Santa Cecília e a Última Ceia, todos os três de Federico Barocci.

Outra parte muito interessante do Duomo são as Grutas onde existem quatro capelas e o Corredor do Perdão, onde, de acordo com uma antiga tradição de Urbino, o perdão dos pecados era garantido ao percorrê-lo na segunda-feira de Páscoa.

6 – Monumento a Rafaello

Urbino - Marche - Itália

A pedido da Academia Rafael, a cidade de Urbino solicitou ao escultor Luigi Belli um monumento que homenageasse Rafael. A estátua foi inaugurada em 1897 na praça Duca Federico, e mais tarde transferida para a Praça Romana, onde se encontra até hoje. Trata-se de uma estátua feita em bronze à imagem de Rafael, que foi colocada sobre um pedestal lindamente decorado com figuras alegóricas e baixos relevos.

7 – Museu Diocesano Albani

Urbino - Marche - Itália

Em anexo à Catedral de Urbino encontra o Museu Diocesano Albani, que ocupa 12 salas, dentre elas duas sacristias antigas que ficam no piso térreo e mostram peças de diversas artes e artefatos religiosos, dentre eles a Madonna del Latte, de Andrea de Bologna. Parte de sua coleção já era exibida a visitantes ilustres desde o século XVIII, mas o museu só foi oficializado em 1964. Entretanto, o museu só abriu ao público como se encontra hoje em 2010, após passar por uma remodelação muito grande, que além de ampliação melhorou as condições do local para apreciação da rica coleção.

8 – Oratório di San Giovanni Battista

Este Oratório é um dos principais monumentos da cidade. A fachada externa representando um dos melhores exemplos do estilo gótico em toda a região de Marche.

Foto Wikipedia Commons – Di Mattis – Opera propria, CC BY-SA 3.0

Lá dentro você pode ver a verdadeira obra-prima, e ela está pintada nas paredes. É um imponente ciclo de afrescos que representam a Crucificação de Cristo e as Histórias da Vida de San Giovanni Battista, assinados pelos irmãos Lorenzo e Jacopo Salimbeni de San Severino.

9 – Mausoleo dei Duchi

Também chamada pelo nome de Igreja de San Bernardino, está localizada na zona rural e daqui se pode admirar o panorama de Urbino.

Foi construído a pedido de Federico da Montefeltro para guardar os seus restos mortais após a sua morteEntre as obras que se podem ver no interior encontram-se afrescos de 1642 e no coro uma tela do século XIX com a Madona e o Menino.

10 – Museo del Lapidario di Urbino

O Museo del Lapidario di Urbino possui uma rica coleção epigráfica, onde se insere uma coleção com inscrições romanas (placas com inscrições e figuras, urnas decoradas em relevo e uma coleção de selos de tijolos); estatuário e material epigráfico contendo inscrições sepulcrais, estátuas, bases de mármore e baixos-relevos. Destacam-se entre as peças uma laje de mármore com a planta do sepulcro, um relevo de pórfiro púrpura contando a história de Ulisses e as sereias e outras pedras pequenos.

11 – Teatro Raffaello Sanzio e a Rampa Elicoidale

A Rampa Elicoidale é uma rampa que vai da Piazzale Mercatale até o piso do Teatro Urbino, com uma escadaria em caracol, que dava acesso discreto do Duque Federico da Montefeltro aos estábulos, quando ia cavalgar, para que vigiasse com discrição o trabalho dos atendentes. A torre circular que contém a escada em caracol foi construída na parte superior da rampa por Francescco di Giorgio Martini, também como controle para vários pontos do Mercatale e estrutura de defesa. No século 19 foi construído na parte superior da rampa o Teatro Sanzio.

O Teatro Raffaello Sanzio é o principal teatro de Urbino. Foi Federico da Montefeltro quem mandou construir um bastião ao pé do Torricini di Palazzo Ducale, com rampas em espiral no interior. Em 1800, o Teatro Sanzio foi sobreposto a este bastião.

Infelizmente hoje o teatro está quase sempre fechado, mas na frente da entrada há uma parede curva que desperta muita curiosidade porque se você se posicionar nas duas pontas da parede e tentar falar baixo, a pessoa do outro lado vai ouvir você.

12 – Fortaleza Albornoz

Foto Wikipedia Commons – Di Limoncellista – Opera propria, CC BY-SA 4.0

A Fortaleza (ou Rocca) Albornoz é uma construção fortificada construída no ponto mais alto do Monte di San Sergio em Urbino. Foi construído na segunda metade do século XIV com função defensiva, e hoje abriga o Museu Bella Gerit, com achados arqueológicos e uma parte reservada para a história dos equipamentos de guerra em uso entre 1300 e 1500.

O amplo espaço em frente ao é um parque público dedicado à Resistência . Sua posição elevada oferece uma vista panorâmica da cidade e da paisagem de Urbino, aqui os jovens estudantes costumam deitar no gramado e passar horas estudando ao ar livre, ou relaxando ao sol com os amigos.

🏷 Guia Prático

O que comer

A Casciotta d’Urbino é um queijo italiano com sabor doce, fino e macio. O queijo é preparado com alta porcentagem de leite de ovelha e pouca porcentagem de leite de vaca. Muitas pessoas de renome apreciavam muito este queijo, dentre eles o Papa Clemente XIV e Michelangelo. Com eles são feitos os famosos pratos típicos de Urbino:

  • Rotolo salato com zucchini e Casciotta – um tipo de torta salgada com massa brisè, que além do queijo é recheada com courgette e mortadela, muito utilizada para viagens.
  • Spaghetti com Fiori di zucca e fonduta di Casciotta – um primeiro prato delicado e ao mesmo tempo de forte sabor. É feito com flores de courgette e fondue de Casciotta d’Urbino.
  • Semifreddo ala Casciottta com puerea di fragole – é uma mistura de gemas com açúcar, farinha de batata e de fécula, fondue com leite, manteiga e o queijo. Após tudo isso derretido, é decorado com purê de morango.

PlanejeINGRESSOMAPA
  • Como chegar : as melhores formas de chegar a Urbino são a partir de Pesaro (37 km) e de Fano (48 km). Também é possível chegar à cidade com os ônibus locais da Adriabus, que ligam as cidades vizinhas
  • Como se locomover : a pé, pois é uma cidade pequena. O seu território está em constante subida pelo que se não gosta de caminhar pode sempre usar os ônibus urbanos, o bilhete custa 1,00 € e tem a duração de uma hora.
  • Onde estacionar : se tiver carro, pode estacionar confortavelmente e gratuitamente na antiga estação ferroviária ( obter direções ) ou, mais perto do centro histórico, no estacionamento Mercatale ( obter direções )
  • O que ver na área circundante : Fermignano (9 km), Petriano (14 km), Urbania (16 km), Acqualagna (18 km), Isola del Piano (20 km), Lunano (27 km)

  • Oratório de San Giovanni – horário de funcionamento: seg-sáb 8h30-13h00 e 15h00-18h00, dom 8h30-13h00 – preço do bilhete: € 2,50
  • Casa di Raffaello – horário de funcionamento: verão das 9h às 13h e das 15h às 19h, dom das 10h às 13h; período de inverno 9h00-14h00, dom 10h00-13h00 – preço do bilhete: € 3,00
  • Fortaleza de Albornoz com o Museu Bella Gerit – horário de funcionamento: Museu sáb e dom 10h00-13h00 e 14h30-18h00; parque público das 8h às 19h – custo do ingresso: € 3,00
  • Porta Valbona – sempre acessível – preço do bilhete: grátis
  • Palazzo Ducale – horário de funcionamento: Ter-Dom 8: 30-19: 15, Seg 8: 30-14: 00 – preço do bilhete: integral € 8,00, reduzido € 2,00
  • Catedral de Urbino com as Cavernas – horário de funcionamento: Catedral das 7h30 às 13h e das 14h às 20h; Cavernas da Catedral sáb e dom 9h30-13h00 e 14h30-18h30 – preço do bilhete: € 3,50

Sobre Deyse RibeiroSou Deyse Ribeiro, nasci em Minas Gerais, e vivo na Itália há 14 anos. Sou especialista em turismo na Itália, onde adquiri experiência atuando desde 2011 como guia de turismo, criadora de conteúdo sobre turismo e empresária no ramo. Abri minha primeira empresa em 2017, e ofereço serviços, tours, transfers e experiências únicas na Itália, através do Portal TourNaItália.com - uma boutique de experiências diferente de tudo o que você já viu!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.