Portal Tour na Itália: turismo, cultura, tours, serviços e experiências!

Loreto e a Santa Casa de Nossa Senhora

A pequena cidade italiana de Loreto, na região do Marche, ocupa um lugar de destaque nas celebrações católicas. Esse local, quase desconhecido para muitas pessoas, abriga um dos maiores tesouros da cristandade, a chamada Santa Casa, onde Maria viveu a maior parte de sua vida, e onde ocorreu o fenômeno da Anunciação.

Você pode estar se perguntando, mas essa casa não ficava na Palestina? Sim, ficava, e é exatamente por isso que essa história é tão inusitada e intrigante, mesmo para quem não é religioso.

O Milagre da Santa Casa de Nossa Senhora

Historische Beschreibung Des Heil. Hauses zu Loreto, Frankfurt, J. L. Buchner, 1725

O contexto histórico

A tradição católica diz que Helena, mãe do imperador romano Constantino, visitou a Palestina, em peregrinação, no século III d.C. Uma vez em Nazaré, Helena teria identificado o local onde estava a casa na qual Jesus cresceu com os pais, e onde Maria recebeu o anúncio feito pelo anjo Gabriel de que daria à luz a uma criança divina. Teria também identificado a Vera Cruz (a cruz na qual Jesus foi crucificado), o local do nascimento de Jesus, em Belém, e o local onde ele foi enterrado após ser retirado da cruz.

Helena teria mandado construir igrejas nos locais santos, sendo dessa forma responsável pela construção da Santa Casa (em Nazaré), pela Igreja da Natividade, em Belém, bem como pela Igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém. Helena morreu logo após essa viagem, sendo sepultada em Roma. Por sua contribuição na identificação e conservação dos lugares santos, Helena foi santificada pela Igreja Católica, e hoje é venerada como Santa Helena.

A igreja construída em Nazaré virou um local de visitação, onde os peregrinos podiam ir com certa segurança, apesar dos constantes conflitos entre cavaleiros cristãos e sarracenos. Porém, no século XIII, os últimos reinos cristãos foram derrotados, e agora os sarracenos estavam livres para invadir a região, colocando em risco todos os locais sagrados.

Graziani, Paolo: Origine et traslatione della chiesa di Santa Maria di Loreto; Kupferstich, em 1580

A transladação da Santa Casa

A notícia da derrota deixou o mundo cristão apreensivo sobre o que poderia acontecer na Terra Santa. Mas antes que os sarracenos chegassem a Nazaré, um fato inusitado aconteceu: no dia 10 de maio de 1291, como que por milagre, a Santa Casa desapareceu da noite para o dia, aparecendo na cidade de Trsat, atualmente na Croácia. A população local, intrigada, não sabia de onde teria surgido aquela construção. O bispo local, Alexandre de Modruzia, que estava muito doente já a algum tempo, apareceu totalmente curado na manhã do dia seguinte, dizendo que tinha tido uma visão da Virgem Maria, onde ela revelava que aquela casa era dela. Em pouco tempo uma multidão se dirige para a pequena cidade.

Três anos depois, a casa desapareceu, para tristeza dos habitantes de Trsat. Por alguns meses a casa fica em uma colina perto de Ancona, na Itália, distante cerca de 500 quilômetros. O local era propriedade de dois irmãos que logo começaram a discutir de forma gananciosa entre si para saber quem seria o dono da casa. Em pouco tempo, a casa sai voando novamente para, em 10 dezembro de 1294, reaparecer em Loreto. As autoridades religiosas locais identificaram que aquela casa tinha características semelhantes a casa existente na Igreja da Anunciação, em Nazaré, e de fato, a essa altura, o desaparecimento da casa em Nazaré já era conhecido. Assim como tinha acontecido em Trsat, de forma imediata Loreto se transforma em um local de culto.

Uma pequena igreja é construída ao redor da casa, que logo já não comporta a quantidade de peregrinos que a visitam. A igreja vai sofrendo reformas, com o objetivo de aumentar a sua capacidade, mas coube ao papa Sixto V, mais de trezentos anos depois, a tarefa de construir uma grande basílica que se tornaria um dos maiores centros de peregrinação católicos do mundo.

Sirleonidas, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

O Santuário e a Basílica da Santa Casa de Nossa Senhora

A basílica onde está localizada a Casa de Nossa Senhora está dentro do chamado santuário, um grande edifício construído para ser uma fortaleza, pensando na defesa das relíquias que lá estão. Lá também se situa o Museu Pontifício da Santa Casa. Dentro do Santuário está a basílica, a área construída para abrigar a Santa Casa.

A basílica é uma estrutura em estilo gótico, com um belo campanário, construído entre 1750 e 1754. Completam o interior da igreja mosaicos, várias estátuas, afrescos e um sino que pesa 11 toneladas. A cúpula foi pintada entre 1890-1907, e traz belos afrescos que contam a história da Ladainha de Loreto e da Imaculada Conceição.

Ao final da nave, sob a grande cúpula e acima do altar, está a Santa Casa. A antiga casa é um edifício de um só piso, feito em pedra, com três paredes medindo 8,5 m por 3,8 m e 4,1 m de altura. Tem apenas uma porta no lado norte e uma janela no lado oeste, e um nicho que contém uma pequena imagem negra da Virgem com o Menino, feita de madeira (mais precisamente cedro do Líbano) e adornada com jóias.

Sirleonidas, CC BY-SA 4.0 , via Wikimedia Commons

A casa está cercada e protegida por um revestimento de mármore desenhado por Donato Bramante, fortemente inspirado na “Ara Pacis” de Roma. Esse revestimento foi apenas concebido por Bramante, e construído com a colaboração de vários escultores, tais como Sansovino, Bandinelli, Montelupo e os irmãos Lombardo, entre outros. A decoração traz figuras de profetas e cenas da vida de Maria. A trasladação da casa é representada na parte posterior.

Ao redor da Santa Casa distribuem-se oito capelas, ricamente decoradas. São elas:

  • Capela dos Duques de Urbino;
  • Sacristia de San Lucas:
  • Sacristia de São Marcos:
  • Sacristia de San Giovanni:
  • Capela do Batistério:
  • Hall de entrada da Nova Sacristia:
  • Nova Sacristia ou Sala do Tesouro:
  • Basílica inferior ou cripta dos peregrinos.

O que a igreja diz?

Ao longo do tempo a Igreja conduziu vários estudos para verificar a veracidade da casa como sendo a mesma que se situava em Nazaré. Em 1296 a Igreja Católica enviou 16 emissários para investigar o caso. Eles visitaram Loreto, a cidade de Tersat e Nazaré, e realizaram extensos estudos para verificar a autenticidade dos acontecimentos. Os resultados obtidos indicaram que as três casas eram, na verdade, a mesma. Os primeiros papas a atribuir autenticidade à casa foram Pio II, Paulo II, Sixto IV, Clemente VII, Leão X e Sixto V.

De lá para cá, cerca de 50 papas já confirmaram a milagrosa “transladação” da Santa Casa. Além disso, atribuem-se milagres a ela, como por exemplo, dois papas que, no século XV, visitaram a casa e foram milagrosamente curados. A igreja também solicitou estudos a engenheiros, arquitetos, físicos, historiadores e estudiosos de outras áreas que analisaram o caso. Os resultados desse estudos apontam que:

  1. A casa não tem uma base de sustentação. Ao mesmo tempo, o espaço vazio deixado pela casa em Nazaré apresenta a base original;
  2. As pedras utilizadas na construção não existem na Itália, mas são abundantemente encontradas na região de Nazaré;
  3. A porta da casa é de cedro, madeira não existente na Itália, mas encontrada na Palestina;
  4. Foi utilizada uma argamassa feita de sulfato de cálcio e pó de carvão, mistura amplamente usada na Palestina dos tempos de Jesus, para assentar as paredes. Tal mistura ainda não era conhecida na Itália na época do surgimento da casa;
  5. As medidas da casa correspondem exatamente às da base que permaneceu em Nazaré;
  6. O estilo de construção da casa, pequena e simples, condiz com as casas construídas na região na época.

O arquiteto Giuseppe Sacconi (1854-1905), que participou dos estudos, informou em seu relatório que parte da casa se apoiava sobre uma antiga estrada que por ali passava, e a outra parte se apoiava sobre um antigo fosso. Dessa forma, seria impossível que alguém pudesse erguer uma construção naquele local. Além disso, outros testemunhos atestam o fato, tal qual o relato de Girolamo Angelita, arquivista da cidade de Recanati entre 1509 a 1561, que teve acesso a um documento chamado “Anais de Fiume”, onde a história da milagrosa transladação da Santa Casa “por ministério angélico” era narrada.

A Igreja católica incluiu no calendário litúrgico, de forma oficial, o dia 10 de dezembro como dia da Virgem Maria de Loreto.

O que a ciência diz?

Arqueólogos e historiadores, sem qualquer contato com a Igreja Católica, investigaram o fenômeno, e a explicação que eles têm sobre o fenômeno é bem mais simples do que se poderia imaginar. Ao que tudo indica, a casa pode realmente ser autêntica, mas teria sido cuidadosamente desmontada, tijolo por tijolo, e levada em segurança para Europa. Não se sabe ao certo quem foi o responsável, mas a melhor hipótese aponta para soldados cristãos que, ao perceber a derrota iminente, resolveram salvar a casa de uma provável destruição.

O próprio Vaticano cita um documento onde consta que uma família de origem Bizantina chamada De Angelis, teria, no século XIII, transportado o material da casa sobre um navio cruzando o Mar Adriático até a região de Loreto, e construindo uma nova capela alí. A lenda do transporte da casa por anjos pode ter vindo desse relato.

Além disso, os especialistas criticam os resultados das investigações conduzidas pela igreja, pois os estudiosos que participaram dos experimentos eram todos ligados, de alguma forma, à Igreja Católica.

O que fazer em Loreto?

Loreto é uma pequena cidade na província de Ancona, região do Marche. Atualmente, conta com cerca de 11 mil habitantes. É uma cidade muito pequena, que obviamente vive em função do turismo religioso proporcionado pelo Santuário de Nossa Senhora. Aliás, a cidade surgiu por conta da devoção dos peregrinos que para lá se dirigiam. A data de 10 de dezembro é a data em que se comemora a chegada da Santa Casa de Loreto. É comum a população acender fogueiras pela cidade na véspera da celebração, com o objetivo de iluminar o caminho para os anjos.

Além de visitar a Santa Casa, um passeio pela bela e pequena cidade é muito bem vindo. A vista do vale a partir da colina onde se situa a basílica é de tirar o fôlego, com uma paisagem que mescla vales, montanhas e o mar. Belas também são as imponentes muralhas do santuário. Bem em frente ao santuário fica a principal praça da cidade, a Piazza della Madonna, como eles chamam Nossa Senhora em italiano. Experimente também visitar os Passeios de Ronda (camminamento di ronda), uma série de corredores que permeiam as construções no alto da colina e faziam parte do sistema de defesa do santuário contra possíveis ataques.

Atrás da Piazza Garibaldi fica o Torrione Redondo, uma torre circular com vista para o vale, onde em 1860 ocorreu a Batalha de Castelfidardo, entre as tropas do Reino da Sardenha e os exércitos papais. Para quem se interessa pela Segunda Guerra Mundial, tem o Cemitério Polonês, onde estão enterrados soldados poloneses que morreram lutando contra os nazistas. Quem gosta de aviação pode ainda visitar o Museu Histórico da Aeronáutica, pertinho do Santuário. Aliás, Nossa Senhora de Loreto é a padroeira dos aviadores. E por fim, Loreto está a apenas 10 quilômetros de Porto Recanati, no litoral do Mar Adriático.

A Santa Casa de Loreto é a verdadeira Santa Casa?

Os indícios parecem apontar que, de fato, a casa de Maria saiu da Terra Santa e foi parar em Loreto mas, provavelmente, não foi voando, e sim, confortavelmente dentro de um navio. Mas cabe a cada um acreditar ou não na autenticidade dela, pois a fé é algo muito particular.  Independente disso, a Santa Casa de Loreto já é um local de suma importância, não só religiosa, mas também histórica, artística e arquitetônica.

🏷 Guia Prático

InformaçõesComo ChegarMapa

Informações práticas para visitar a Santa Casa de Nossa Senhora

  • Endereço: Via Asdrubali, 21 – Corso Boccalini, 32
  • Horário: O santuário está aberto das 6h15 às 19h30
    • A sacristia está aberta das 7h00 às 12h00 e das 16h00 às 19h00
    • Confissões, todos os dias das 8h00 às 12h00, das 15h00 às 19h00
    • Santo Rosário na Basílica: segunda a sábado, às 21h00.

CRONOGRAMA de CELEBRAÇÕES DE SEGUNDA A SÁBADO

  • 7h30 na Santa Casa sem concurso público, transmitido pela Telepace, Fano TV e em streaming
  • 7.00-8.30-10.00-11.00-17.00-18.30 com competição popular
  • TODOS OS SÁBADOS às 7h00 S. Rosario em Scala Santa (encontro no início da escalada)
  • DOMINGO 7.00-8.30-10.00 (no Telepace, Fano Tv e streaming) – 11.30-12.00 (Basílica Inferior) – 17.00-19.00-21.00
  • Loreto tem uma estação de trem distante cerca de dois quilômetros da Basílica. Da estação é possível pegar um ônibus até o centro histórico.
  • De carro, saindo de Ancona pela rodovia A14, são apenas 30 minutos até Loreto.
  • Aeroporto mais próximo: Ancona-Falconara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.