Portal Tour na Itália: turismo, cultura, tours, serviços e experiências!

Meu roteiro de 12 dias pelo sul da Itália

Vou dividir com vocês o roteiro de viagem que eu fiz pelo sul da Itália, foram muitas horas de carro e muitas cidades percorridas e no fim, um vontade imensa de não ir embora!

Neste roteiro percorri cidades como Nápoles, Matera, Ostuni, Otranto, Alberobello, Castel del Monte, Lecce, Trani, Barletta, Vasto e Termoli.

Matera - Basilicata - Itália

Primeiramente o nosso tempo disponível era mínimo, 12 dias e nosso ponto de partida foi Pisa, onde eu vivo. Fomos pelo litoral passando pela Campânia, Basilicata, Puglia, Molise e Abruzzo.

Não sou uma mega amante do mar e do sol porque sou muito branquinha e por isso a nossa viagem foi mesmo para conhecer as cidades e, no tempo de sobra, descansar na beira da praia.

Santa Maria di Leuca - Puglia - Itália

Como eu sou guia de turismo na Toscana, quando viajo gosto de contratar guias particulares onde é possível, ou ao menos tours em grupo. Nesta viagem eu procurei todos os passeios e guias diretamente pela internet, reservei e não tive nenhum problema.

Abaixo indico ainda os hotéis que eu fiquei e o valor de diária que eu paguei.

1°dia:

Saímos de Pisa bem cedinho e chegamos em Nápoles, na Campânia na hora do almoço. Visitamos a cidade e fomos dormir em Caserta.

Hotel em Caserta: Nós ficamos no Hotel Europa, um 4 estrelas muito bom, fica no bairro comercial de Caserta, a apenas 300 metros da Reggia de Caserta. Um dos destaques do Hotel Europa é a sua localização central, a 200 metros da estação de trem de Caserta e a 3,8 km da autoestrada A1. Paguei € 49 euros pelo quarto com café da manhã.

2° dia:

 

Vistamos a Reggia de Caserta, o Palácio que era residência da família Bourbon de Nápoles, uma maravilha. Depois visitamos Caserta Vecchia e partimos para Matera, na região da Basilicata.

 

Nosso Hotel em Matera: Villa Paola B&B , escolhemos um hotel fora da cidade porque estávamos de carro e dentro de Matera estacionar é difícil, ainda o hotel contava com uma piscina que acabou por me convencer. Paguei € 60 euros pelo quarto com café da manhã.

3° dia:

Visitamos Matera com uma guia de turismo particular, a Tereza Barbaro e que nos fez conhecer cada cantinho da cidade e terminamos no parque da cidade, vendo as cavernas e depois fazendo um almoço com comidas típicas da região dentro do proprio parque. Dali partimos para Torre San Giovanni, Ugento, na região da Puglia, neste hotel ficamos 2 noites.

Nosso Hotel em Ugento: Parco dei Principi, este é um pequeno resort 4 estrelas muito bom, em base as estruturas locais, a noite tinha sempre algum evento, tivemos até uma apresentação de “taranta” a dança típica salentina. Paguei €170 euros por um quarto com café da manhã.

4° dia:

Nós visitamos Gallipoli e fizemos um passeio guiado (city tour) de 2hs pela cidade. No final da tarde ainda aproveitamos para descansar na praia.

Gallipoli - Puglia - Itália

Nosso Hotel em Ugento: Parco dei Principi,

5° dia:

Nós visitamos Santa Maria de Leuca e fizemos o passeio de barco onde conhecemos a costa e a “divisa” entre o Mar Adriático e o Mar Jônico.

Nosso Hotel em Santa Maria de Leuca: Hotel Magna Grecia, este hotel era o mais simples da viagem, era mesmo um ponto somente para dormir, mas foi muito confortante dormir ouvindo o barulho das ondas e ter o quarto de frente para o mar foi ótimo. Paguei €70 euros por um quarto com café da manhã.

6° dia:

Nós visitamos a cidade de Otranto, tivemos uma visita guiada particular com um guia local e conhecemos a história e as igrejas maravilhosas da cidade, e que nos levou a conhecer um agriturismo e lá fizemos uma almoço. Depois fizemos um último giro sozinhos pela cidade e fomos à praia.

Nosso Hotel em Otranto: Relais Valle dell’Idro & Terraces, um hotel 4 estrelas muito elegante e com ótimos serviços. Também esse foi nota 10! Paguei € 79 euros por um quarto com café da manhã.

7° dia:

Nós visitamos a cidade de Lecce e fizemos ali um passeio guiado em grupo para conhecer a Lecce barroca, pois assim como Florença é a capital do renascimento, Lecce é a capital do Barroco na Itália, foi ótimo.

À tarde visitamos uma vinícola fora da cidade e um frantoio medieval (frantoio é o local onde é feita a extração do azeite de oliva).

Nosso Hotel em Lecce: Nonna Jole , esse hotel decidimos por último porque o nosso anterior foi cancelado por um erro, mas até que foi um achado. Fica no centro (só foi ruim com as malas porque o carro teve que ficar a alguns quarteirões)  mas foi interessante porque era na parte subterrânea… cheia de arcos… foi bem diferente! Deu pra passear à noite no centro pois estávamos bem localizados. Paguei € 65 euros por um quarto com café da manhã.

8° dia:

Nós visitamos Ostuni, a chamada cidade “branca”, delícia de cidade, me arrependi de ter ido embora cedo! (por isso vou voltar agora em junho!) Depois fomos a Alberobello, cidade MARAVILHOSA, onde há as casas “trulli”, muito interessantes (vale um post cada uma dessas cidades).

Nosso Hotel em Castel del Monte: Masseria Torre Di Nebbia – a 20 minutos de Andria e a poucos minutos do Castel Del Monte e no fim de um parque, este Hotel ofereceu a paz e a tranquilidade que queríamos naquela viagem. Com certeza foi o melhor hotel que tivemos nesta viagem e o mais confortável. Adoramos tudo, desde o atendimento, o pessoal, a cura com os detalhes. Ao interno, os quartos e restaurante foram realizados por arquitetos famosos. Nota 10! Paguei €90 euros por um quarto com café da manhã.

9° dia:

Visitamos pela manhã Castel del Monte.

Nosso Hotel em Castel del Monte: Masseria Torre Di Nebbia

10° dia

Visitamos Trani, cidade litorânea muito bonita e depois fomos a praia em Barletta. Depois pegamos estrada até Termoli, na região de Molise, onde a noite estava acontecendo um festival de vinho. Leia mais sobre Termoli AQUI.

Nosso Hotel em Termoli: Residenza Sveva, um hotel bonito, bem localizado e com bom atendimento. Paguei €79 euros por um quarto com café da manhã.

11° dia

 

Fomos conhecer Vasto, na região de Abruzzo, e aproveitamos a praia.

Nosso Hotel em Vasto: Hotel Principe Residence um hotel 3 estrelas, bem simples somente para passar a noite. Paguei €95 euros por um quarto com café da manhã.

12° dia

Acordamos e pegamos estrada e lá fomos nós de novo para a Toscana!

Veja abaixo o meu mapa com todas as marcações dos locais citados.

 

Mapa

Sobre Deyse RibeiroSou Deyse Ribeiro, nasci em Minas Gerais, e vivo na Itália há 14 anos. Sou especialista em turismo na Itália, onde adquiri experiência atuando desde 2011 como guia de turismo, criadora de conteúdo sobre turismo e empresária no ramo. Abri minha primeira empresa em 2017, e ofereço serviços, tours, transfers e experiências únicas na Itália, através do Portal TourNaItália.com - uma boutique de experiências diferente de tudo o que você já viu!

12 comentários em “Meu roteiro de 12 dias pelo sul da Itália”

  1. Q legal..estou indo agora em Setembro para comemorar aniver de casamento..meu sonho conhecer a terra da minha nona.Primeira vez saindo do Brasil…tenho 67 anos…já está mais que na hora. Abraço.

  2. Rosilene Santos

    Ahhhh Ostuni belissima,Lecce.Lugares incríveis.Tive oportunidade de conhece-los em 2015,e em 2016 morei em Ostuni.

  3. Olá, Deyse,

    Pretendo ir com minha esposa ao Sul da Itália agora em abril passar uns 13 dias. Não tenho a menor ideia de por onde começar… também não gostamos de alugar carro. É possível começar por Veneza (já que eu não conheço nada da Itália) e depois seguir um roteiro pela região da Toscana (ilha de Capri, lecce, napoles etc.?).

    Erick

    1. Erick, Ilha de Capri e Napoles ficam na região de Campanhia. Já Lecce na Puglia.
      De Veneza a Toscana é tranquilo de ir de tranporte público, até mesmo Napoles e Capri. Porem ir até a Puglia é um pouco mais dificil.
      Ir de Napolis ate Lecce é um longo percurso de trem, com trocas, cerca de 5hs.
      Bom, meu conselho é fazer a Puglia + uma outra regiao italiana, como Veneza ou Toscana somente e dali pegar um voo para uma cidade da Puglia como Bari ou Brindisi.
      Confesso que é bem dificil passear na Puglia sem carro, porque o transporte publico turistico é escasso.
      SE nao quer alugar mesmo carro, aconselho ficar nessas 3 regioes que citei acima mesmo.
      Boa viagem.

  4. Olá Deyse, td bem ?
    Vou pra Italia em Setembro e gostaria de conversar com vc. Poderia me informar seu email ? Ou entrar em contato comigo pelo whatsApp.
    Obirgada

  5. Parabéns Deyse!
    Fiz essa viagem pelo sul da Italia a alguns anos atrás! Le o seu post me fez recordar. Sou de Bh e estou programando ir pra Sicília.
    Amo esse país!
    Abraço.
    Andreia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.